Andorinhas Indignadas

Espaço destinado para link´s de notícias, aqueeelas que merecem maior visibilidade, lembrando que a atualização sempre é feita de cima para baixo, ou seja, você que entrou agora para saber o que está rolando leia debaixo para cima. E mande a sua através de comentários.

_____________________________________________________________________________________________

07/09/2009 Fotos do dia da independência! Via Blog Marcelo Tas

#forasarney 2 #forasarney 3 

_________________________________________________________________________________________________________________ 

27/08/2009 –  Capitão Nascimento nestas horas… Nada mau

Pede pra Sair! Pede!

__________________________________________________________________________

26/08/2009  Já que o cartão vermelho não adiantou, vamos nos movimentar!?

forasarneypreto

_________________________________________________________________________________________________

25/08/2009  Cartão vermelho é para sair ou vamos ter que invadir o campo?

Cartão vermelho é pra sair, né?

Cartão vermelho é pra sair, né?

________________________________________________________________________________________________

21.08.2009

Protestos se intensificam-plena 6ª feira estudantes em frente ao Congresso

Protestos se intensificam-plena 6ª feira estudantes em frente ao Congresso

Estudantes pedem saída de Sarney em frente ao Congresso

Protestos contra presidente do Senado têm sido frequentes em Brasília. Conselho de Ética arquivou processos contra Sarney nesta semana. LINK DA NOTÍCIA
http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,MUL1276087-5601,00.html

 

 ___________________________________________________________________________________________

17.08.2009

CATILINA ABUSA DE NOSSA PACIÊNCIA (*)

 “Até quando, ó Catilina, abusarás da nossa paciência?” Indagou Marco Túlio Cícero ao senador Lúcio Sérgio Catilina, a 8 de novembro de 63 AC, em Roma. Flagrado em atitudes criminosas, Catilina se recusa a renunciar ao mandato.  

Cícero, orador emérito, respeitado por sua conduta ética na política e na vida pessoal, pôs em sua boca a indignação popular: ”Por quanto tempo ainda há de zombar de nós essa sua loucura? A que extremos se há de precipitar a tua audácia sem freios? Nem a guarda do Palatino, nem a ronda noturna da cidade, nem os temores do povo, nem a afluência de todos os homens de bem, nem este local tão bem protegido para a reunião do Senado, nem o olhar e o aspecto destes senadores, nada disso conseguiu perturbar-te? Não sentes que os teus planos estão à vista de todos?” 

“Ó tempos, ó costumes!” Exclamou Cícero, movido pela atormentada perplexidade diante da insensibilidade do acusado. “Que há, pois, ó Catilina, que ainda agora possas esperar, se nem a noite, com suas trevas, pode manter ocultos os teus criminosos conluios; nem uma casa particular, com suas paredes, os segredos da tua conspiração; se tudo vem à luz do dia, se tudo irrompe em público?” 

Se Catilina permanecia no Senado, não era apenas a vontade própria que o sustentava, mas, sobretudo a cumplicidade dos que teriam a perder, com a renúncia dele, proveitos políticos. Catilina fingia não se dar conta da gravidade da situação. Fazia ouvidos moucos, jurava inocência, agarrava-se doentiamente ao seu mandato. 

“E tu, apesar de reconheceres, pela consciência que tens dos seus crimes, que é justo e há muito merecido o ódio que todos nutrem por ti, estás a hesitar em fugir da vista e da presença de todos aqueles a quem tu atinges na alma e no coração?”. 

Cícero não demonstrava esperança de que seu libelo fosse ouvido: ”Mas de que servem as minhas palavras? A ti, como pode alguma coisa fazer-te dobrar? Tu, como poderás algum dia corrigir-te?” E não poupou os políticos que, apesar de tudo, apoiavam Catilina: ”Há, todavia, nesta ordem de senadores, alguns que, ou não vêm aquilo que nos ameaça ou fingem ignorar aquilo que vêm.” 

 Acuado, Catilina se refugiou na Etrúria e morreu em 62 AC. Cícero, afastado do Senado por Júlio César, foi assassinado em 43 AC. Um século depois, Calígula, desgostoso com o Senado, nomearia senador seu cavalo Incitatus, com direito a 18 assessores, um colar de pedras preciosas, mantas de cor púrpura e uma estátua, em tamanho real, de mármore com pedestal em marfim.

(*) Partes do artigo de Frei Betto no jornal Folha de São Paulo, edição de 16/08/2009. Veja a íntegra:

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz1608200909.htm

 Marisa Capobianco

 ____________________________________ 

16/08/2009 – Sociedade Civil na OAB-DF: Mobilização pela ética no Senado

Entidades pressionam por “recall” de Sarney

http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/08/13/entidades+pressionam+por+recall+de+sarney+7857935.html

 

16/08/2009 – Assistam ao vídeo abaixo, é muito bom:

Eleitores mandam recado para o Senado

http://tvig.ig.com.br/146440/eleitores-mandam-recado-para-o-senado.htm 

_______________________________________________________________________________________

15/08/2009 – Charges que falam por si – Parte II

recorde-Lute_thumb[4]

_________________________________________________________________________________________________

14/08/2009 – Há charges que valem mais do que uma notícia…   

 http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia182/2009/08/12/politica,i=134466/PM+REPRIME+MANIFESTACAO+DO+PSOL+PELA+SAIDA+DE+SARNEY.shtml

Ops...

Ops...

____________________________________________________________________

 13/08/2009 – Onde está a nossa liberdade de expressão?

PM reprime Manifestação do PSOL pela saída do Sarney, publicado ontem, clique:

 

______________________________________________________________

13/08/2009 Cheiro de orégano?  Sim, pizza com orégano.

Presidente do conselho de ética do Senado arquiva representação contra Arthur Virgílio, clique:

http://noticias.uol.com.br/politica/2009/08/12/ult5773u2013.jhtm

__________________________________________________________________

10/08/2009

Andorinhas, vamos nos juntar a eles, em 15 de agosto, às 14:00 horas? Vejam a matéria abaixo e opinem

Internautas organizam manifestação nacional contra José Sarney

Mais uma vez, os brasileiros que se manifestaram pela internet se mobilizarão em uma passeata nacional, contra o presidente do Senado José Sarney e políticos envolvidos em esquemas de corrupção, nepotismo, atos secretos, mensalão e com passado sujo.

Assim como na campanha das Diretas Já, impeachment e outras manifestações populares, o movimento vai alcançando as ruas, e deverá ganhar as adesões de músicos, artistas, ONGs, sindicatos, partidos de oposição e milhões de brasileiros.

A Passeata Nacional vai acontecer no próximo dia 15 de agosto, a partir das 14h, e quem comparecer deve levar uma máscara cirúrgica, como as usadas para se proteger da “gripe suína”, escrita com a frase “Fora Sarney!”

Confira os locais das manifestações:

* São Paulo – MASP
* Rio de Janeiro -Posto 6, Copacabana (em frente à rua Souza Lima)
* Porto Alegre – Arco da Redenção
* Belo Horizonte – Praça Sete
* Salvador – Av Garibaldi
* Londrina – Calçadão em frente ao Banco do Brasil
* Florianópolis – Trapiche da Beira Mar Norte
* Recife – Avenida Conde da Boa Vista, em frente ao shopping Boa Vista
* Curitiba – Largo da Ordem 9 (onde ocorre a feira de domingo)
* Vitoria – frente ao Shopping Vitória
* Natal – Praça vermelha
* Goiânia – Praça Universitária
* São Luís – Praça João Lisboa (saída às 13h)
* Brasília – Congresso Nacional

__________________________________________________________________________________________

03/08/2009

Bate-boca no Senado entre Simon, Renan e Collor

 Os senadores Pedro Simon (PMDB-RS) e Renan Calheiros (PMDB-AL),  bateram boca nesta segunda-feira (3) em plenário mostrando a temperatura elevada da Casa. Simon fazia um discurso pedindo a renúncia de José Sarney (PMDB-AP) da presidência do Senado, quando Calheiros pediu um aparte. Os dois, a partir daí, começaram a discutir. Fernando Collor (PTB-AL) entrou ainda na discussão depois.

“Essas são palavras que eu não aceito. Quero que o senhor as engula e as digira como julgar conveniente”, disse Collor.

Ele afirmou ainda que Simon não pode se “agachar” para a imprensa e disse que na próxima vez que for citado de modo negativo pelo gaúcho fará revelações contra ele.

“Evite pronunciar meu nome nessa Casa porque na próxima vez que eu tiver que pronunciar o nome de vossa excelência nesta Casa gostaria de relembrar alguns fatos, alguns momentos, talvez extremamente incômodos para vossa excelência”, disse Collor.

Após o pronunciamento forte de Collor, Simon baixou o tom e continuou seu discurso contra Sarney, sendo aparteado por Eduardo Suplicy (PT-SP), que tentou acalmar os ânimos. G1

 __________________________________________________________________________________

 Estado do Maranhão…Feudalismo descarado!!!

 

Publicado em 20/06/2009 por Cidadão Brasileiro

Clã Sarney

Clã-sarney

– Para nascer, Maternidade Marly Sarney;

– Para morar, escolha uma das vilas: Sarney, Sarney Filho, Kiola Sarney ou Roseana Sarney;

– Para estudar, há as seguintes opções de escolas: Sarney Neto, Roseana Sarney, Fernando Sarney, Marly Sarney e José Sarney;

– Para pesquisar, apanhe um táxi no Posto de Saúde Marly Sarney e vá até a Biblioteca José Sarney, que fica na maior  niversidade particular do Estado do Maranhão, que o povo jura que pertence a um tal de José Sarney;

– Para inteirar-se das notícias, leia o jornal O Estado do Maranhão, ou ligue a TV na TV Mirante, ou, se preferir ouvir rádio, sintonize as Rádios Mirante AM e FM, todas do tal José Sarney. Se estiver no interior do Estado ligue para uma das 35 emissoras de rádio ou 13 repetidoras da TV Mirante, todas do mesmo proprietário, do tal José Sarney;

– Para saber sobre as contas públicas, vá ao Tribunal de Contas Roseana Murad Sarney (recém batizado com esse nome, coisa proibida pela Constituição, lei que no Estado do Maranhão não tem nenhum valor);

– Para entrar ou sair da cidade, atravesse a Ponte José Sarney, pegue a Avenida José Sarney, vá até a Rodoviária Kiola Sarney. Lá, se quiser, pegue um ônibus caindo aos pedaços, ande algumas horas pelas ‘maravilhosas’ rodovias maranhenses e aporte no município José Sarney.

Não gostou de nada disso? Quer reclamar? Vá, então, ao Fórum José Sarney, procure a Sala de Imprensa Marly Sarney, informe-se e dirija-se à Sala de Defensoria Pública Kiola Sarney.

Seria cômico se não fosse tão triste. E mais: o Maranhão é o estado com o maior índice de mortalidade infantil.

Vamos mostrar nossa indignação em frente do Congresso Nacional, dia 09.09.2009, às 9:00 horas.

Anúncios

7 Respostas para “Andorinhas Indignadas

  1. Uma pergunta ao ex- Presidente Collor.
    Senador: Vossa Excelência se esqueceu de que quem o tirou da Presidência foi o povo nas ruas, em frente ao Congresso Nacional. Com as “flexões” do Congresso Nacional, claro!
    Ele se “agachou” quer o Senhor queira, ou não! E ele vai se agachar de novo. Com a ajuda da “meia imprensa” e, quicá, da inteira.Vocês verão!

  2. Vamos fazer a faxina já! O que essa gentalha faz é gozar do povo brasileiro. Mas, um dia a casa vai cair… Uma excelente providência seria a população renovar todas as cadeiras que irão a votação no próximo ano.

    • Bem-vinda a primeira andorinha macho neste espaço! Que venham outras, apresentem seus textos, façam seus comentários, enviem reportagens, charges e o que mais desejarem, e divulguem para a imprensa. Estão ajudando no que promete ser a grande revoada em busca da reforma estrutural do nosso Congresso. Renovação já!

  3. Eugênia Moreira

    Olá Andorinhas,
    Como já foi dito, a passeata contra o presidente do Senado José Sarney, não é o foco do Movimento das Andorinhas. Nosso Movimento vai muito além, é uma limpeza em todo o legislativo federal, estadual e municipal da Nação, porque nós (o povo) queremos legisladores honestos e comprometidos e isso inclui senadores, deputados federais, estaduais e vereadores. O Presidente do Senado é apenas um dentre todos que precisamos expurgar e implantar uma nova ordem: limpeza já!
    Ou “eles” se transformem em cidadãos honestos e comprometidos com o povo que os elegeu, com a verdade, honestidade, lisura, o BEM, ou saiam de onde estão, porque nossa Casa (senado e câmaras), já não suporta mais tanta sujeira.
    Chega!

  4. oi gente, quero dizer,andorinhas!
    Tenho 12 anos mais ja sou uma cidadã com vergonha desses corruptos,vamos mostrar que do mesmo jeito que agente deixou eles entrarem, a gente pode muito bem mostrar a porta de saída, vamos voar, ja é hora da gente bater asas!
    Letícia M.

  5. Olá andorinhas,

    No país do futebol, onde tudo vira pizza, e ano que vem, vem o carnaval, o que acham que acontecerá?
    Tudo voltará ao “normal”.
    Vamos voar contra essa vergonha…
    Não podemos aceitar essa normalidade das coisas, como apregoam os caçadores de andorinhas das torres gêmeas de Brasília e seus dois ninhos de cobras aos pés…
    Vejam um trecho do poema Tempo de Mudança, de Manuel Alegre, e depois a letra de Impunidade, da Banda Tribo de Jah. Essa música, (IMPUNIDADE) ilustra bem o que estamos vivendo nesse país de injustiças e calamidades sociais….
    Caju.

    TEMPO DE MUDANÇA

    “Eis que de novo chega um tempo de batalhas.
    Chega um tempo de povo. Tempo de viver
    Ou morrer. Chega um tempo de romper as malhas
    que um tempo-aranha tece para nos prender
    nas teias de cadeias malhas de muralhas.

    Chega um tempo de massa. Tempo revolucionário.
    Tempo de negação. Afirmação. Transformação.
    Chega um tempo em que o poeta – mesmo o solitário –
    já não está só: é só mais um na multidão.
    Tempo de ver em cada coisa o seu contrário.

    Chega um tempo febril. Fabril. Tempo de sín-
    tese. Tempo de guerra. Tempo de mudança.
    Chega um tempo de não. Chega um tempo de sim.
    Tempo de desespero. Tempo de esperança.
    Chega um tempo de início num tempo de fim.”

    IMPUNIDADE
    “A justiça só é cega ,Quando não quer ver,Quando a lei se nega A se fazer valer. Para uns implacável, Para outros maleável Ou até negociável Ter leis em questão É o mesmo que não Leis sem efeito,que abrem exceção Abrem precedentes a dúbia aplicação Nunca propiciarão Um estado de direito Assim não se terá verdadeira nação A impunidade É um grave problema É a face mais falha da sociedade.É o lado mais sujo do sistema Como é que se sente Um simples cidadão Brasileiro descontente Com a situação Eu amo o meu país E amo a minha gente Mas me sinto infeliz Eu acho deprimente Esse estado de impunidade E improbidade,vergonha nacional Estado de injustiça,imundice e calamidade social Eu digo não,como cidadão Eu peço justiça,peço punição. Punição exemplar, justiça enfim Não, não, não Justiça sim, impunidade não Punição exemplar a todos os culpados Sem nenhuma exceção Aos poderosos, abastados, ou ao mais nobre barão Famigerados doutores, ricos ou bacanas Sendo culpados, estejam todos em cana Parlamentares pilantras, políticos interesseiros Deputados descarados, banqueiros trapaceiros Vereadores, prefeitos, governadores e empreiteiros Corruptos, corruptores e seus fiéis escudeiros Magistrados safados, empresários salafrários Traidores da pátria, fazendo o povo de otário Punição exemplar Aos bandidos escondidos Na imunidade parlamentar Fazendo falcatruas, as escuras fazendo fortuna Com o seu voto que colhem na urna E saem às ruas como se nada houvesse Ninguém lhes importuna Mesmo quando enriquecem Às custas de favores escusos do clientelismo Do uso e abuso do fisiologismo E das benesses do cobiçado poder Eu digo não,não pode ser Quanto descaso,quanta omissão Quem pode se safa O pobre é quem paga Eu peço punição,punição exemplar Não,não,não Justiça já,impunidade não A legião dos excluídos vai muito mal Banidos que estão do convívio social Debaixo dos barracos,pontes e sinais Não desejam mais que uma vida meramente normal Na televisão,em todos os canais Aparentemente tudo vai bem demais Logo vem outro carnaval E fica tudo bem no país do futebol Se rouba,se extorque,se frauda,se mata Se burla,corrompe,sonega e escapa Sem punição,nessa terra sem lei Quem tem muita grana Nunca vai em cana Bandido rico é rei,até quando eu não sei Eu quero ver quando é que vai se fazer Uma verdadeira nação Com direitos e deveres iguais pra todo e qualquer cidadão Eu quero ver,punição enfim Não,não,não Justiça sim,impunidade NÃO !”

  6. Pingback: Twitter Trackbacks for Andorinhas Indignadas « Movimento das Andorinhas [sandramara10.wordpress.com] on Topsy.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s